Mediação: É a arte de descobrir a mensagem além da palavra, conduzindo a compreensão dos valores e as necessidades de cada um, compatibilizando interesses, respeitando a diversidade. Um diálogo conduzido pelo mediador.

É um processo confidencial, em que mediadores imparciais buscam facilitar e ajudar os participantes a chegarem a decisões que atendam aos interesses das partes em benefício de todos. As decisões serão tomadas exclusivamente pelos participantes, cabendo aos facilitadores a condução do processo de entendimento.


As ADR’s – alternative dispute resolutions (conciliação, negociação, mediação e arbitragem) são possibilidades que apresentam uma justiça mais coerente com as transformações contemporâneas.

A mediação – considerada a mais popular das ADR’s – é uma prática com participação consensual, na qual direitos e deveres e sentido de justiça surgem, espontaneamente, do diálogo entre pessoas, valorizando decisões baseadas na autonomia da vontade. É a oportunidade de as pessoas decidirem seu futuro por si mesmas.

Código de ética do mediador: Conima

Desenvolvemos módulos independentes (workshops in company):

As ferramentas de mediação e diálogo estratégico constroem um ambiente de trabalho positivo, fortalecem o desempenho, melhorando a produtividade e reduzindo os custos.

Utilizamos a tecnologia exclusiva do MTI – Mediation Training Institute, líder, desde 1985, no campo de mediação aplicada à gestão de conflitos nas empresas.

  • Automediação: voltado para maximizar o potencial do indivíduo para desenvolver o pensamento e a escolha estratégica da forma de lidar com conflitos.
  • Gestor como mediador: voltado para o profissional utilizar as técnicas facilitando o processo entre terceiros.
  • Diálogo estratégico: instrumento na liderança de equipes – desenvolvimento da habilidade interpessoal, comunicação e feedback.
  • Identificação de Estilos e tendências comportamentais ao lidar com conflitos interpessoais (utilização da ferramenta TKI, questionário desenvolvido por Kenneth W. Thomas e Ralph H. Kilmann)
  • Facilitação de reuniões entre sócios e/ou conselheiros – Acompanhamento e implementação de boas praticas em reuniões

As Conquistas no Processo:

  • A celebração de acordos e pactos que atendam não somente aos interesses das partes envolvidas, como também ao aprendizado e mecanismos que compõem um bom diálogo;
  • Composição com as diferentes percepções dos fatos (não estabelecendo o que é a verdade…). Oportunidade de conhecer outros pontos de vista;
  • Visão do futuro – oportunidade de olhar em frente, ao invés de manter o foco no que já aconteceu;
  • Recurso para ampliar a comunicação e ter acesso às informações;
  • Ajuda na identificação de interesses, que facilitam a realização de mudanças e o cumprimento de acordos.